Experiências, Bicicleta

Bike Tour em Berlim

21 maio 2013 • por Carla Caldas • 2 comentários

IMG_0130

As bicicletas fazem parte do dia a dia da cidade de Berlim. As ciclovias estão integradas ao trânsito, pessoas de todas as idades circulam a qualquer horário.

Portanto não poderia existir forma melhor de conhecer a cidade: pedalando.

Tínhamos duas opções: alugar bicicletas e explorar a cidade sozinhos ou nos juntarmos a um grupo para um Bike Tour.

Sinceramente sou sempre resistente aos passeios com guias, no máximo utilizo os áudios tours dos museus.

Dessa vez resolvi abrir uma exceção. Seguimos no bike tour All in One da Fat Tire, que tinha a proposta de visitar os principais pontos da cidade.

Lá fomos nós …

As 11 horas estávamos na praça em frente à Torre de Televisão para encontrar o grupo, não era necessário reserva.

IMG_0316

O grupo foi se formando e o guia fez uma rápida explicação de como seria nosso passeio. Quatro horas e meia de pelada, parando nos pontos para explicações e também uma parada em um dos famosos Biertgardens para um lanche com cerveja.

Logo ali deu pra perceber o que nos esperava, o guia super novinho e descolado já contou um pouco da história de Berlim, como a cidade tinha se reerguido depois da guerra com um discurso leve e muito divertido . Ah .. tudo em inglês!

O grupo era bem variado, eramos os únicos brasileiros no grupo. Um francês logo comentou que já tinha feito o passeio com a Fat Tire em Paris e que um amigo tinha feito o passeio em Berlim e indicado como o melhor passeio da cidade.

Expectativas lá em cima!

Lá fomos nós. Primeira etapa escolher as bikes, orientações de segurança e como deveríamos proceder para manter o grupo sempre unido.

O grupo inicial foi dividido entre três guias. Nós seguimos com o guia Kevin em um grupo de mais ou menos 12 pessoas.

IMG_0129

Berlim é uma cidade super plana, muito apropriada para as pedaladas. As horas passaram ser nenhum esforço.

O passeio começa na praça em frente à Torre de Televisão e vai seguindo pelas ciclovias. A cada parada o grupo se junta para ouvir as explicações do guia.

Os principais pontos:

Bebelplatz – praça onde fica a biblioteca e a Universidade Humboldt. Aqui aconteceu a queima de livros promovida pelos nazistas em 10 de Maio de 1933.

Memorial dos Judeus – 2711 blocos de concreto de vários tamanhos formam um labirinto, caminhe entre eles e tenha sua própria sensação.

Ferias_Maio_20132

Checkpoint Charlie – um dos pontos de checagem para cruzamento da fronteira entre as antigas Berlim Oriental e Berlim Ocidental.

Ferias_Maio_20131

Nesse ponto o guia tira um saco com giz da mochila e desenha no chão um mapa, explicando como a Alemanha e Berlim foram divididas no pós-guerra. Como o muro foi erguido e como foi o período da Guerra Fria, quando o acesso por terra a Berlim Ocidental foi cortado pelos soviéticos.

Ferias_Maio_2013

 Muito envolvente e impressionante. Apesar de sabermos que a história é muito recente, ver tudo de tão perto e saber que a cidade foi todo reconstruída é muito impactante.

Diferente do que muitas pessoas falaram não achei a cidade triste, o espirito de reconstrução e aprendizado me pareceu muito maior.

Muro de Berlim – seguimos para um ponto onde é possível ver um trecho remanescente do muro, agora protegido por grades para evitar a depredação.

IMG_0069

Nesse ponto também fica a exposição Topografia do Terror que mostra história da Gestapo, a famosa policia nazista. A exposição é gratuita e o guia recomenda a visita.

Banker de Hitler – próxima parada, a região onde ficava o banker que Hitler passou os últimos dias de sua vida.

Tiergarten Parque – uma longa pedalada por dentro do lindo parque, passando pelo zoológico e pela beira do rio nos leva ao Beer Garden. Ali fizemos uma parada para um lanche delicioso.

IMG_0108

IMG_0109IMG_0092

Coluna Vitoria

Reichteg – Parlamento e sua cúpula de vidro

IMG_0113

Portão de Brandenburg – ponto mais famoso de Berlim, era saída principal dos reis. Palco de vários fatos marcantes da história da cidade: a marcha de Napoleão, o discurso de presidente americano Reagan durante o período da guerra fria e ponto central da festa de comemoração da queda do muro.

Durante o período que o muro esteve erguido o Portão ficou atrás, no lado oriental. Uma imagem de grande simbolismo afinal o Portão representa uma passagem, uma saída para o mundo e nesse período ficou bloqueado.

IMG_0125

Ilha dos Museus – nesse ponto tivemos uma apresentação dos museus, porém não entramos.

O passeio finaliza retornando a Torre de Televisão, quatro horas e meia depois conforme programado.

Expectativas mais que superadas, uma experiência imperdível em Berlim. Uma aula de história aliada a lindas paisagens. Tudo apresentado de uma maneira muito jovem e leve.

Vale a pena. Fica a dica!

Preço: 24 euros por pessoa. O lanche não está incluído.

IMG_0131

A Fat Tire também tem outras opções de passeio, confira a programação no site .

http://fattirebiketours.com/berlin/tours/berlin-city-bike-tour

Vale a pena também ler o post do Achados :

berlim-perfeita-de-bicicleta-10-coisas-que-voce-precisa-saber

Comente Aqui
2 comentários
  1. Priscilla Fiorin   •   07/07/13   •   20h22

    Muito Bom! Amo Berlim, minha cidade preferida!
    da proxima vez, vou tentar o tour de bike! bjs

  2. […] Berlim – BikeTour […]

Dicas para dois dias em Frankfurt Alemanha
Aluguel de Scooter em Berlim