Vinho, Onde comer & beber

Vinhos em Portugal: Sugestões de experiências na região do Porto e Douro

23 abr 2018 • por Carol & Luise0 comentários

Vinhos em Portugal

Por @learningaboutwine

Porto, norte de Portugal. Uma cidade que respira vinhos. É o paraíso dos enófilos. Porto tem tanta programação que seria impossível esgotar todas as opções envolvendo vinhos numa viagem só. Para quem ama vinhos e está programando viagem para Portugal, não deixe de conferir estas dicas.

Em primeiro lugar vamos falar de hospedagem. DECANTING PORTO HOUSE. Pense em um hotel pequeno, com um ambiente familiar, onde o Vinho do Porto é o ator de destaque neste cenário. No Decanting Porto House podemos explorar e aprofundar nossos conhecimentos sobre Vinho do Porto em todos os cômodos com paredes corridas de caixas de vinho, mapas do Douro, fotos de vinhas e adegas. Este lugar procura unir a tradição portuguesa e o conforto.

Nosso quarto era aconchegante e silencioso. O café da manhã foi um destaque a parte e o staff muito simpático. No verão, o hotel organiza passeios ao Douro e degustações de Vinho do Porto no jardim. Situado no centro histórico do Porto, com fácil acesso aos pontos turísticos da região.

Além dos roteiros históricos clássicos que podemos fazer caminhando no Porto como: Sé do Porto, Avenida dos Aliados, Torre dos Clérigos, livraria Lello, entre outros, basta atravessar a Ponte Luis I que você estará em frente a inúmeras caves de vinho do Porto, bem ali em Vila Nova de Gaia.

 

Visitamos a cave Calém que oferece uma visita guiada com degustação. No passeio você pode usufruir de um espaço super educativo, com uma “mesa de aromas”, onde você sente o aroma e tenta adivinhar qual é o correspondente. É um jeito bem criativo de nos fazer criar uma memória olfativa dos aromas existentes nos vinhos.

Visitamos também a Taylor’s considerada por muitos especialistas um dos melhores produtores de Vinho do Porto. Foi uma visita diferente. Nela recebemos um áudio guia e um mapa e sozinhos percorremos a adega e a história da marca. Uma experiência que termina no espaço de degustação. Além da degustação onde experimentamos dois icónicos Vinhos do Porto Taylor’s: – Chip Dry – Branco Extra Seco e Late Bottled Vintage (LBV) – o visitante pode escolher dentre as opções de um menu com outros tipos de vinhos para degustar.

Para não sair da temática, fomos conhecer um bar de vinhos inusitado, o Capela Incomum. O bar foi projetado numa antiga capela. Já não temos imagens nem rituais católicos, mas sim um altar florido e bem decorado. Uma experiência rara! Vale a pena conhecer este ambiente rústico e acolhedor! Na carta, vinhos de norte a sul de Portugal e uma deliciosa tábua de queijos e frios para acompanhar. Escolhemos para degustar um vinho da região do Douro, o tinto Quinta Seara d’Ordens que expressou um delicioso aroma de frutas vermelhas, baunilha. Na boca apresentou um corpo médio, notas apimentadas e taninos fortes. Ótima pedida.

Quem tiver um tempinho, pode alugar um carro e estender a viagem até a região do Douro. Um paraíso.

No Douro, escolhemos fazer uma visita guiada com degustação na Sandeman, Quinta do Seixo. O percurso inclui visitas à cave, ao lagar da pisa da uva e termina com uma degustação. Além dos vinhos degustados, não poderia deixar passar a oportunidade de pedir uma taça do meu Vinho do Porto favorito: Late Bottled Vintage – LBV.

A Sandeman tem diversos tipos de visitas guiadas com programação e valores diferentes. Uma dica é conferir suas informações no site e agendar sua visita com antecedência por e-mail e telefone.

Falando sobre Vinho do Porto….vocês sabem como funciona seu processo de elaboração? O Vinho do Porto é produzido a partir de uma combinação de castas provenientes da região demarcada do Douro e podem ser brancos ou tintos.
Ele é um vinho fortificado… mas o que seria isso? O que torna o vinho do Porto diferente além do terroir, é que durante o processo de fermentação da uva ocorre a adição da aguardente vínica, que mata as leveduras, e para a fermentação.
Por este motivo os Portos são doces (pela presença do açúcar da uva residual) e com nível mais alto de álcool que o normal ( 19 a 22o de alcool).
Em seguida, o vinho é envelhecido em recipientes de madeira velha antes de ser elaborado os cortes e o engarrafamento. E é exatamente este período de estágio que determinará o estilo do Vinho do Porto produzido

Os estilos mais conhecidos são o Tawny e o Ruby. O Tawny é mais leve com sabores de caramelo e cor mais tenue e harmoniza bem com sobremesas de frutas, frutos secos. Os Rubys já são frutados e de cor profunda. Estes vinhos ficam pouco tempo em madeira e logo são engarrafados e estão prontos para beber. Eles harmonizam bem com chocolate. Aliás, foi harmonizando um Porto LBV com uma torta mousse de chocolate que aprendemos a gostar de vinho do Porto!

Ah, fica a dica que um Porto Ruby pode ficar aberto e bem guardado na geladeira por duas semanas e o Tawny pode durar em media 1 mês. Se puder, use uma rolha com fechamento a vácuo para remover o oxigênio. Tim-tim!

Espero que tenham gostado! Até a próxima!

Carol e Luise @learningaboutwine

Contatos:

Decanting Porto House: http://www.decantingporto.com

Tour Caves Calém: https://tour.calem.pt/#pt

Tour Caves Taylor’s: https://www.taylor.pt/pt/visite-a-taylors/as-caves

Capela Incomum Bar de Vinhos: https://www.facebook.com/capelaincomum/

Quinta do Seixo, Sandeman, Douro: http://www.sandeman.com/visit-us/douro/quinta-do-seixo

 

Quer conhecer e participar pessoalmente de uma experiência gastronômica incrível no Porto?

 A 6ª Edição do Cooking in Portugal acontecerá no período de 11 a 17 de novembro/2018, na região do Porto e nossos leitores ganham 5% de desconto usando o código LONGEEPERTO2

Leia mais no link Cooking in Portugal

Comente Aqui
Winenights – Noites Especiais Regadas a muito Vinho
Wear black or stay home!