Vinho, Onde comer & beber

Uruguai: Como não se apaixonar por seus vinho e bodegas

09 mar 2018 • por Carol & Luise0 comentários

Por @learningaboutwine (Aprendendo sobre Vinho)

Uma forma de começar a aprender mais sobre vinhos, além de desfrutar de bons momentos, é fazendo visitas à vinícolas. Mesmo antes de nos debruçarmos mais sobre os conhecimentos técnicos do mundo dos vinhos, nós sempre buscamos incluir esse tipo de passeio nas nossas viagens.

Um país que visitamos algumas vezes e que possui vinhos e vinícolas excelentes é o Uruguai. Sua principal região produtora de vinhos é Canelones, próxima a capital uruguaia, Montevidéu. Mas há vinícolas incríveis também próximas às cidades de Punta del Este e Carmelo.

A uva mais popular do país é a tinta Tannat, que é da família da vitisviniferae tem origem na região de Madiran, sudoeste da França. Essa uva se adaptou muito bem ao solo e ao clima do país sul-americano. Os vinhos uruguaios dessa casta possuem muita personalidade, sendo a presença de tanino sua característica marcante. Os taninos são as substâncias responsáveis por deixarem a boca com a sensação de seca, o céu da boca e as laterais enrrugadinhas. São vinhos frutados e aromáticos, com notas de frutas vermelhas, café, chocolate, entre outros.

Na plantação de uvas Tannat, na Bodega Bouza

As principais vinícolas do país possuem vinhos feitos com essa casta de uva, podendo ser varietais (100% de uma mesma casta) ou em corte (duas ou mais castas de uvas presentes em diferentes percentuais). Há vinhos uruguaios com outras uvas tintas como, por exemplo, a Cabernet Sauvignon e a Merlot; e também, excelentes vinhos brancos.

Destacamos algumas vinícolas que visitamos e que merecem ser incluídas no roteiro de uma viagem ao Uruguai!

Bodega Bouza: Um passeio imperdível em uma viagem a Montevidéu é uma visita a Bodega Bouza, uma vinícola boutique que está localizada a cerca de 30 minutos de carro do centro de Montevideu. A vinícola é linda, bucólica e super charmosa, e, ainda conta com um restaurante muito bacana! O passeio incluiu: visita guiada pelos vinhedos e pela fábrica, onde foi explicado todo o processo de produção do vinho. A degustação dos vinhos pode ser feita junto com o almoço e foi nossa escolha. Ao final, também visitamos o museu de carros e motos antigos, que recentemente foi remodelado e agora inclui um espaço para degustar vinhos e petiscos.

Botega Bouza

Restaurante na Bodega Bouza

Família Deicas, Establecimiento Juanicó: Outra vinícola tradicional no Uruguai é o Establecimiento Juanicó, da Familia Deicas  que fica a menos de 1 horade carro do centro de Montevidéu. Fizemos a visita guiada pela vinícola e almoçamos uma típica parrilla uruguaia acompanhada da degustação dos vinhos da vinícola. No final, ainda experimentamos um vinho sobremesa, o Licor de Tannat, que é produzido pelo mesmo processo do vinho do Porto Vintage, mas utilizando a casta Tannat.

No interior do Restaurante, na Bodega Narbona

Parrilla Uruguaia e Vinho, almoço na Família Deicas, Establecimiento Juanicó

Em Punta del Este há muitos outros atrativos além das belas praias e do agito noturno. A região de Maldonado possui excelentes vinícolas e fábricas de produção de azeites.Visitamos a Colinas del Garzón, localizada a 1h 30 min de Punta, e podemos conhecer um pouco mais da produção de azeites e descobrir o quanto de semelhanças há com a produção de vinhos. Na época da nossa visita, a Bodega Garzón ainda não tinha sido inaugurada. O tour na Colinas de Garzón incluiu:visita à fábrica boutique de azeites,  passeio pelos olivares, e no final uma degustação de azeites incríveis acompanhados de queijos, azeitonas e vinhos maravilhosos.

Degustação de Azeites e Vinhos na Colinas del Garzón

Paisagem da Colinas del Garzón

Em Carmelo, uma cidade super charmosa localizada a 1h 30 min de carro de Colônia do Sacramento, também há diversas vinícolas bacanas! Visitamos a Bodega Narbona, que além da vinícola e do restaurante, conta com um hotel boutique super charmoso. Fizemos uma visita pela propriedade e almoçamos nesse lindo cenário. O almoço foi completo: entrada, prato principal e sobremesa, tudo isso, claro, acompanhado de um bom vinho Tannat da Bodega!

Bodega Narbona

No interior do Restaurante, na Bodega Narbona

Nada como esses passeios para nos introduzir a esse incrível e inesgotável mundo dos vinhos!

Até mês que vem!

Carol e Luise

@learningaboutwine

 

 

 

Comente Aqui
Dica de hotel em Miami Florida
Celebre uma degustação de novos sabores