O que fazer, Museus

Inhotim

13 fev 2013 • por Carla Caldas • 14 comentários

Ontem finalmente conheci Inhotim. Adorei!

O local é uma imensa área verde super bem cuidada, mistura de jardim botânico com galeria de arte!

A atenção está nos detalhes, do guarda sol disponível ao carrinho de transporte.

O atendimento tem o jeitim mineiro, super simpático e prestativo.

A estrutura é super bem montada com restaurantes charmosos, lugares para descansar e lojas de lembranças.

Almoçamos no Restaurante Oiticica, um buffet a kilo com opções variadas. Tudo muito gostoso.

A  data não foi exatamente a melhor (Carnaval!). A  combinação feriado + ingresso gratuito parece não fazer muito bem o local que estava LOTADO!! No restaurante enfrentamos  fila de 20 minutos para entrar e mais fila para pagar.

Por isso minha dica é: fique no mínimo um dia inteiro e não vá em feriado.

Passeio imperdível!

Site : http://www.inhotim.org.br/

Onde Fica:

Na cidade de Brumadinho, 60 Km de Belo Horizonte – MG

Horário:

Terça, Quarta, Quinta e Sexta 9:30 às 16:30. Aos Sábados, Domingos e feriados de 9:30 às 17:30.

Como chegar:

Várias opções: contratar um motorista,alugar um carro, ir de ônibus a partir da Rodoviária de BH.

Verifique o site para mais informações, dependendo da sua origem a estrada de acesso pode mudar.

http://www.inhotim.org.br/index.php/p/v/209-255

Nós saímos de Tiradentes para Inhotim pela rodovia Fernão Dias.

Vindo pela Fernão Dias no KM 501, saída para Mario Campos/Brumadinho. O caminho segue por uma estradinha pequena e cheia de caminhões,  passando  por dentro de Brumadinho alguns kilometros.

O caminho não é  bem sinalizado para o porte do local. Portanto muita atenção!

 

Comente Aqui
14 comentários
  1. Moura   •   25/03/13   •   13h53

    Olá!
    Gostei desse post e gostaria de saber se vocês conhecem grupos que fazem saídas de excursões de SP-Inhotim-SP.
    Att,
    Moura

    • Carla Caldas   •   25/03/13   •   20h09

      Moura,

      Obrigada por visitar o LOnge e Perto.

      Particularmente não conheço.

      Fiz uma busca na internet e encontrei esse link http://viajeaqui.abril.com.br/materias/inhotim-como-ir onde eles mencionam as empresas abaixo:

      Quem leva

      Boas empresas de São Paulo têm pacotes para Inhotim, como a Matueté (11/3071-4515, http://www.matuete.com), que pode fazer os deslocamentos entre BH e Brumadinho de helicóptero (12 minutos). A Latitudes (11/3045-7740, http://www.latitudes.com.br) cria roteiros com acompanhamento de especialistas, como a artista plástica Denise Gadelha, que também dá aulas na Casa do Saber, em São Paulo

      Encontrei tambem essa escola que menciona uma excursão em abril:
      http://www.arquitec.com.br/excursao-inhotim/

      Essa empresa tambem http://www.btgviagens.com.br/

      Espero ter ajudado. Se descobrir outras aviso.

      Voce vai adorar Inhotim. Abs e volte sempre Carla

  2. Thiago Cesar Busarello   •   09/05/13   •   22h03

    Quantos blogueiros indo visitar Inhotim. Tá dando uma vontade enorme de conhecer o lugar.

    • Carla Caldas   •   20/05/13   •   16h23

      Thiago, você vai adorar.bj

  3. Ludmila Mascarenhas   •   28/09/13   •   12h05

    Olá Carla Como vai?
    Realmente Brumadinho é um lugar incrível e impossível de ver um um só dia. Passeando pela internet esbarrei no seu site e sem quer fazer um merchã (mas já fazendo) tenho um sítio na região de Brumadinho que costumamos receber turmas que vem pra avistar o Museu. Pra quem está apertado de verba, é uma ótima opção, pois não somos pousada mas oferecemos roupa de cama, café da manha e jantar com cardapio pré estabelecido…. Ficar em um sítio com a turma pode ser bem mais divertido. Estamos a 30km de Inhotim o que dá em média 45min.

    Caso tenha interesse visite o site
    http://www.sitioafranopolis.com.br
    Abrçcs!

    • Carla Caldas   •   29/09/13   •   10h54

      Ludmila,

      Otima dica !!!

      Fica para todos . Obrigada Carla

  4. Sylvia Batistoni   •   15/01/14   •   12h37

    Olá Carla,
    Sou agente de viagem e procurando informações sobre o Inhotim, quase coloco meus passageiros em uma fria. Uma pousada, bem ruim por sinal, me indicou um motorista, que por sua vez me indicou uma agencia de turismo onde recebi informações terríveis, cada um deles informam os preços diferentes, distancias erradas, por fim, meu cliente entrou em contato com um conhecido no Inhotim que me recomendou a empresa que os atendem. Telefonando para esta empresa, descobri que eles fazem através de uma empresa também de Brumadinho que é maravilhosa. A maioria das agencias do Rio de Janeiro e São Paulo compram os pacotes deles para revender e finalmente fui pontualmente atendida e com muita eficiência e presteza. Deixo aqui a minha dica para os visitantes autônomos ou até mesmo para as agências de turismo que precisarem. Os valores são os melhores do mercado e o melhor atendimento também. http://www.hthappytravel.com Telefone: (31) 4117-03-33 ou (31) 9949-79-69. Um abraço e boas viagens para você!

    • Carla Caldas   •   16/01/14   •   08h44

      Sylvia,

      Obrigada pela indicação.

      Abs

      Carla

    • Luciana   •   16/01/14   •   12h54

      OI Sylvia, em qual pousada vocês ficaram?

      Obrigada

      • Sylvia Batistoni   •   20/01/14   •   09h17

        Oi Luciana, meus passageiros ficaram na Pousada Vista da Serra e amaram.

  5. Bethania Villela   •   13/04/14   •   14h04

    Ola, Carla,

    Navegando, te achei, Acho que vc e a unica pessoa que postou alguma coisa sobre a ida a Inhotim a partir de Tiradentes.

    Vou pra Tiradentes nesse proximo feriadao e botei na cabeça que tenho que ir a Inhotin dessa vez. O problema e que estou com medo dessas estradinhas pequenas e cheias de caminhoes. Meu filho vai comigo mas nao dirige.
    Essa estrada mal sinalizada, depois que vc sai da Fernao Dias, ate Inhotin, tem quantos km, qto tempo aproximadamente ate o parque?
    Queria saber se vc ficou em alguma pousada em Brumadinho e se recomenda.
    Aguardo seu contato e agradeço desde ja se puder me ajudar.
    bjs

    Bethania

    • Carla Caldas   •   13/04/14   •   23h29

      Bethania,
      Passamos o feriado do carnaval em Tiradentes e de lá fomos para Tiradentes.
      Saindo de Tiradentes a estrada não é ruim, mas a sinalização é fraca. Precisa prestar atenção. Nós erramos a entrada e andamos alguns quilômetros a mais desnecessariamente.
      Da saida Fernão Dias até Inhotim, mais ou menos 1 hora. Um trecho da estrada é mão dupla, precisa ter um pouco de cutela. Depois o caminho passa no meio da cidade. A sinalização não é boa.
      Mas acho que não é um problema. Apenas precisa dirigir calmamente e prestar atenção na pouco sinalização.
      Não fiquei em pousada, mas nos comentários anteriores tem algumas indicações. Nós saímos de Inhotim e fomos para BH, tínhamos avião marcado no mesmo dia.
      Minha dica é: saia bem cedo de Tiradentes assim é possível aproveitar bem a visita em Inhotim.
      Espero ter ajudado .
      Abs
      Carla

      • Bethania Villela   •   13/04/14   •   23h45

        Oi, Carla,

        Obrigadíssima pela resposta ultra rápida!!!!
        Se não for abusar de mais, como tenho pesquisado muiiito pra fazer a viagem valer a pena, descobri algumas coisas que me deixaram insegura. Tipo: a Fernão Dias e´ a estrada com o maior record de acidentes do Brasil e, por acaso, os trechos mais perigosos estão entre Tiradentes e Brumadinho…..ai..ai…ai
        Fora isso, fazendo o percurso pelo Google Maps, nao há street view do trecho que sai da F. Dias e vai ate Inhotim. Vendo de cima, parece que estrada toda é de terra. Voce confirma isso?? Não consigo imaginar um museu como o Inhotim com um acesso tão precário e perigoso.
        Obrigada, mais uma vez e parabéns por conseguir manter um blog tão informativo e atualizado.
        Abs.

        Bethania

  6. Bethania Villela   •   13/04/14   •   23h51

    Carla, mais uma perguntinha (desculpa…), vi nas suas fotos, acredito que vc tirou de dentro do carro, já dentro de Brumadinho, onde há uma faixa indicando Rot Alternativa pra Inhotim. É esse o caminho que vc utilizou?

Palacio Astoreca, hotel butique com história em Valparaiso, Chile
New York  – A ousadia gastronômica do David Burke Townhouse