Voluntariado/Turismo Social, Experiências

Tendências das Viagens Sustentáveis

07 maio 2018 • por Longe e Perto • 0 comentários

O que é uma viagem sustentável? Quem são os interessados nesse perfil de viagem?

Para celebrar o Dia da Terra em 22 de abril, grandes empresas do segmento de viagens apresentaram resultados de pesquisas que tentam responder essas questões.

O Longe e Perto acredita que todos nós, viajantes, podemos ser agentes de transformação para um mundo melhor e por isso compartilhamos aqui o compilado de dois relatórios que ajudam na reflexão sobre que tipo de viajantes queremos ser.

Virtuoso – Rede de viagens de luxo e experiências

Segundo o Virtuoso 2018 Luxe Report,  o interesse entre os clientes em busca de férias turísticas sustentáveis é crescente.

As práticas de turismo sustentável são definidas, pelo relatório, como viagens mais amigas do ambiente, que apoiam a proteção do patrimônio cultural e natural e que proporcionam benefícios sociais e econômicos à população local.

Fatores de turismo sustentável que mais atraem os clientes:

• Redução de resíduos plásticos
• Práticas ecológicas
• Proteção da vida selvagem
• Alimentação com itens locais
• Apoio à comunidade e produtores locais
• Bem-estar animal
• Respeito a culturas diversas
• Hospedagem em hotéis ecológicos
• Conservação de recifes de corais
• Proteção de lugares históricos

A geração “millenium” tem três vezes mais chances de buscar e apoiar empresas de viagens comprometidas com o turismo sustentável quando comprada à “geração X”. Os “baby boomers” vêm em seguida, com a “geração Z” logo atrás.

“O turismo sustentável representa um movimento transformador e nosso objetivo continua sendo apoiar nossos parceiros de viagem em melhores práticas. Ao compartilhar essas histórias inspiradoras e educar sobre o impacto positivo de viajar em uma maneira mais consciente, estamos ajudando a promover as viagens como uma força do bem”, disse Jessica Hall Upchurch, embaixadora de sustentabilidade do Virtuoso.

 

O relatório da Booking.com indica que a tendência de viagem “verde” continua a ganhar força, já que 94% dos brasileiros afirmam desejar viajar de forma mais sustentável em 2018, um número maior que a média global (87%) .

Contudo, mais da metade (59%) indica que nunca, raramente ou apenas de vez em quando consegue viajar de maneira sustentável, sugerindo que, mesmo com os avanços promissores para um futuro mais sustentável, ainda há muito espaço para transformar as intenções em ações.

A sustentabilidade começa onde você se hospeda

O termo ‘viagem sustentável’ é subjetivo, e tem várias conotações para diferentes pessoas. Entretanto, para o estudo, quase metade dos viajantes globais (46%), ‘viagem sustentável’ significa ficar em acomodações verdes ou ecologicamente corretas.

Em meio aos brasileiros, os principais motivos pelos quais os viajantes escolhem esses lugares ecologicamente corretos para descansar são para ajudar a reduzir o impacto ambiental (48%), ter uma experiência localmente relevante (36%) e o desejo de se sentir bem em relação a uma escolha de acomodação (36%).

Olhando para o futuro, 8 em cada 10 brasileiros (85%) pretendem ficar em uma acomodação sustentável em 2018, um panorama ainda mais animador em relação a 2017 (83%) e 2016 (80%).

Inspiração sustentável

Fatores que inspiram a viagem sustentável dos  brasileiros
Impressionar-se pela paisagem natural durante sua própria viagem (ex. recifes de corais, florestas tropicais) 81%
Perceber um impacto visível do turismo nos destinos visitados 64%
Perceber o impacto positivo do turismo sustentável nos residentes locais 72%
Perceber os efeitos não sustentáveis do turismo em seu país de origem 59%
Sentir culpa pelo impacto no ambiente causado por suas férias 40%

Superando eco-barreiras

Enquanto o custo adicional percebido ainda continua sendo a principal barreira para os viajantes brasileiros interessados em um turismo mais sustentável, 76% deles estariam dispostos a gastar pelo menos 5% a mais em suas viagens para garantir um baixo impacto no ambiente sempre que possível.

Porém o pesquisa indica que algumas barreiras assim são relatadas quando falamos sobre viagens sustentáveis
Principais obstáculos dos brasileiros para viagens mais sustentáveis

Custos – sem condições de pagar despesas adicionais 43%
Informações/Falta de certificação – não saber como tornar minha viagem mais sustentável 32%
Tempo – a viagem sustentável consumiria muito tempo 23%
Destino – a viagem sustentável limitaria a viagem a destinos menos interessantes 21%
Luxo/conforto – a viagem sustentável não atende ao nível de luxo/conforto usual 19%

Foto e Videos: Garupa Turismo Sustentável

Comente Aqui
Wear black or stay home!
ARUBA E COLÔMBIA: DICAS DE RESTAURANTES E ONDE COMPRAR BONS VINHOS